Sintomas de hidradenite supurativa

Um dos primeiros passos para compreender a hidradenite supurativa (HS) é informar-se  acerca dos sinais e sintomas da doença. Aqui, pode aprender mais sobre as variantes da HS e ver algumas fotografias de doentes com HS.

COSTAS
FRENTE

Clique no diagrama para ver casos ligeiros, moderados e graves de zonas afetadas.

Hurley estadio I

Furúnculos isolados ou em número reduzido, sem trajetos fistulosos ou formação de cicatriz1,2

  • Zona das axilas
  • Zona das axilas

Hurley estadio II

Furúnculos recorrentes em diversas zonas, com formação de cicatriz e trajetos fistulosos ou fístulas1,2

  • Zona das axilas
  • Zona das axilas
  • Zona das axilas

Hurley estadio III

Furúnculos generalizados, com múltiplos trajetos fistulosos interligados ao longo da zona afetada.1,2 Pode estar associado a descargas de pus com odor desagradável.2

  • Zona das axilas
  • Zona das axilas

Hurley estadio I

Furúnculos isolados ou em número reduzido, sem trajetos fistulosos ou formação de cicatriz1,2

  • Zona das axilas
  • Zona das axilas

Hurley estadio II

Furúnculos recorrentes em diversas zonas, com formação de cicatriz e trajetos fistulosos ou fístulas1,2

  • Zona das axilas
  • Zona das axilas
  • Zona das axilas

Hurley estadio III

Furúnculos generalizados, com múltiplos trajetos fistulosos interligados ao longo da zona afetada.1,2 Pode estar associado a descargas de pus com odor desagradável.2

  • Zona das axilas
  • Zona das axilas

Hurley estadio I

Furúnculos isolados ou em número reduzido, sem trajetos fistulosos ou formação de cicatriz1,2

  • Virilha
  • Virilha
  • Virilha

Hurley estadio II

Furúnculos recorrentes em diversas zonas, com formação de cicatriz e trajetos fistulosos ou fístulas1,2

  • Virilha
  • Virilha
  • Virilha

Hurley estadio III

Furúnculos generalizados, com múltiplos trajetos fistulosos interligados ao longo da zona afetada.1,2 Pode estar associado a descargas de pus com odor desagradável.2

  • Virilha
  • Virilha

Hurley estadio I

Furúnculos isolados ou em número reduzido, sem trajetos fistulosos ou formação de cicatriz1,2

  • Nádegas
  • Nádegas
  • Nádegas

Hurley estadio II

Furúnculos recorrentes em diversas zonas, com formação de cicatriz e trajetos fistulosos ou fístulas1,2

  • Nádegas
  • Nádegas
  • Nádegas

Hurley estadio III

Furúnculos generalizados, com múltiplos trajetos fistulosos interligados ao longo da zona afetada.1,2 Pode estar associado a descargas de pus com odor desagradável.2

  • Nádegas
COSTAS
FRENTE

Clique no diagrama para ver casos ligeiros, moderados e graves de zonas afetadas.

Hurley estadio I

Furúnculos isolados ou em número reduzido, sem trajetos fistulosos ou formação de cicatriz1,2

  • Zona das axilas
  • Zona das axilas

Hurley estadio II

Furúnculos recorrentes em diversas zonas, com formação de cicatriz e trajetos fistulosos ou fístulas1,2

  • Zona das axilas
  • Zona das axilas
  • Zona das axilas

Hurley estadio III

Furúnculos generalizados, com múltiplos trajetos fistulosos interligados ao longo da zona afetada.1,2 Pode estar associado a descargas de pus com odor desagradável.2

  • Zona das axilas
  • Zona das axilas

Hurley estadio I

Furúnculos isolados ou em número reduzido, sem trajetos fistulosos ou formação de cicatriz1,2

  • Zona das axilas
  • Zona das axilas

Hurley estadio II

Furúnculos recorrentes em diversas zonas, com formação de cicatriz e trajetos fistulosos ou fístulas1,2

  • Zona das axilas
  • Zona das axilas
  • Zona das axilas

Hurley estadio III

Furúnculos generalizados, com múltiplos trajetos fistulosos interligados ao longo da zona afetada.1,2 Pode estar associado a descargas de pus com odor desagradável.2

  • Zona das axilas
  • Zona das axilas

Hurley estadio I

Furúnculos isolados ou em número reduzido, sem trajetos fistulosos ou formação de cicatriz1,2

  • Zona mamária
  • Zona mamária

Hurley estadio II

Furúnculos recorrentes em diversas zonas, com formação de cicatriz e trajetos fistulosos ou fístulas1,2

  • Zona mamária
  • Zona mamária
  • Zona mamária

Hurley estadio III

Furúnculos generalizados, com múltiplos trajetos fistulosos interligados ao longo da zona afetada.1,2 Pode estar associado a descargas de pus com odor desagradável.2

  • Zona mamária
  • Zona mamária
  • Zona mamária

Hurley estadio I

Furúnculos isolados ou em número reduzido, sem trajetos fistulosos ou formação de cicatriz1,2

  • Virilha
  • Virilha
  • Virilha

Hurley estadio II

Furúnculos recorrentes em diversas zonas, com formação de cicatriz e trajetos fistulosos ou fístulas1,2

  • Virilha
  • Virilha
  • Virilha

Hurley estadio III

Furúnculos generalizados, com múltiplos trajetos fistulosos interligados ao longo da zona afetada.1,2 Pode estar associado a descargas de pus com odor desagradável.2

  • Virilha
  • Virilha

Hurley estadio I

Furúnculos isolados ou em número reduzido, sem trajetos fistulosos ou formação de cicatriz1,2

  • Nádegas
  • Nádegas
  • Nádegas

Hurley estadio II

Furúnculos recorrentes em diversas zonas, com formação de cicatriz e trajetos fistulosos ou fístulas1,2

  • Nádegas

Hurley estadio III

Furúnculos generalizados, com múltiplos trajetos fistulosos interligados ao longo da zona afetada.1,2 Pode estar associado a descargas de pus com odor desagradável.2

  • Nádegas
  • Nádegas
  • Nádegas

 

Uma vez que a HS é muitas vezes confundida com uma infeção, é frequente haver uma longa espera até obter um diagnóstico.1 Os dermatologistas normalmente avaliam os sinais e os sintomas da HS através de uma escala de classificação – estas categorias são desenvolvidas a partir de uma avaliação clínica da gravidade denominada classificação de Hurley.1,2

Nem todos os casos de HS são progressivos (ou seja, agravamento da doença ao longo do tempo). Porém, alguns casos de HS podem continuar a reaparecer e a agravar-se com o passar do tempo. Consequentemente, é fundamental o diagnóstico e o tratamento adequado da HS o mais cedo possível.2,3,4,5 Para os doentes com HS, o primeiro passo será falar com um dermatologista, de forma a garantir um diagnóstico exato.

É importante que as pessoas que sofrem de HS mantenham um diálogo aberto e franco com o seu médico. Uma vez que a HS é uma doença ainda pouco conhecida recomenda-se que consulte um dermatologista (especialista em doenças de pele) sempre que tenha alguma dúvida. Consulte a secção “Fale com o Seu Dermatologista” para obter informações e sugestões para expor o seu problema junto de um dermatologista.

BIBLIOGRAFIA:

  1. Jemec GB. Clinical practice. Hidradenitis suppurativa. N Engl J Med 2012;366:158–164.
  2. Revuz J. Hidradenitis suppurativa. J Eur Acad Dermatol Venereol 2009;23:985–998.
  3. Mayo Clinic. Hidradenitis Suppurativa. Available at: http://www.mayoclinic.com/health/hidradenitis-suppurativa/DS00818. Accessed August 2013.
  4. Collier F, Smith R, Morton C. Diagnosis and management of hidradenitis suppurativa. BMJ 2013;346:f2121.
  5. Zouboulis CC, Tsatsou F. Disorders of the apocrine sweat glands. In: Goldsmith LA, Katz SI, Gilchrest BA, Paller AS, Leffell DJ, Wolff K. Fitzpatrick’s Dermatology in General Medicine. 8th ed. New York, Chicago: McGraw Hill; 2012. p947–959.